Advertising

Pular para o conteúdo principal
Advertising

Não perca a chance de alcançar clientes que estão procurando por você. COMECE AGORA MESMO >

Políticas do Microsoft Advertising

Diretrizes de texto

Linguagem do anúncio

  • A linguagem usada no anúncio deve ser adequada ao mercado no qual ele é exibido.
  • A linguagem do anúncio e/ou dos resultados de busca deve corresponder àquela usada na página.
  • Como regra geral, as páginas de destino devem estar no idioma local do mercado.
  • Palavras em idioma estrangeiro serão permitidas quando forem usadas naturalmente no idioma local. Por exemplo, em regiões onde se fala inglês, estas palavras estrangeiras são permitidas: résumé, faux, burrito, café, fiancé, cliché, curriculum vitae, Zeitgeist.
  • A página de destino deve ser clara e compreensível para o usuário médio do mercado-alvo.

Restrições de País/Região

Croácia
  • Informações essenciais sobre produtos oferecidos aos consumidores devem ser redigidas em idioma croata e em idiomas latinos no anúncio ou na página de destino. Isso inclui:  
    • Características básicas do produto necessárias para que o consumidor tome sua decisão de compra, como nome, tipo e modelo do produto, nome com o qual ele é vendido, sua composição e suas características físicas e técnicas. 
    • Nome e sede oficial do fabricante ou importador estabelecido na União Europeia. 

Uso de maiúsculas

  • Os anúncios devem usar letras maiúsculas de forma adequada e gramaticalmente correta.
  • Nomes próprios deverão ter letras maiúsculas quando for apropriado. Por exemplo, "Compre queijo cheddar importado da Inglaterra".
  • O uso de maiúsculas deve ser consistente. Por exemplo, uso de maiúsculas no início de títulos, de frases ou de todas as palavras.
  • Os anúncios não podem usar maiúsculas de forma aleatória, como em GRANDE VENDA ou InCríveL, por exemplo.
  • Os títulos devem seguir o uso de maiúsculas recomendado para títulos nos mercados de língua inglesa. Os títulos devem seguir o uso de maiúsculas recomendado para frases nos mercados de língua alemã, francesa, espanhola, italiana e holandesa. As descrições devem seguir o uso de maiúsculas recomendado para frases.
  • É permitido o uso de todas as letras maiúsculas em acrônimos verdadeiros e nomes de marcas do anunciante registradas com esse formato.

Gramática, pontuação e ortografia

  • A gramática e a ortografia devem estar corretas, a menos que a incorreção gramatical ou ortográfica seja parte da identidade visual corporativa ou do produto.
  • É permitido um ponto de exclamação ou de interrogação por frase no texto do anúncio.

BUSCA BUSCA

  • Garanta que o texto dinâmico, como no caso de {keyword}, {param2} e {param3}, não cause incorreção gramatical no título ou no texto de seu anúncio.
  • A ortografia de texto dinâmico, como no caso de {keyword}, {param2} e {param3}, deve estar correta.
    • Se você fizer lances para palavras-chave com erros de ortografia, não as use em grupos de anúncios que contenham texto dinâmico {keyword}.

Símbolos, caracteres especiais e abreviaturas

  • Use números, letras e símbolos de forma que reflita a fala normal.
  • É permitido somente um caractere de moeda ou % por anúncio. Isso inclui descontos e reduções de preço, como “desconto de 25% a 50%!” ou U$ 99,99, U$ 89,99, U$ 79,99!
  • Não são permitidos caracteres não alfanuméricos consecutivos. Por exemplo, "TV - Apenas U$ 5,95/Mês!!!"
  • Não é permitido o uso dos tipos itálico, negrito, sobrescrito, subscrito ou de outros tipos de fontes realçados ou redimensionados.
  • Não é permitido o uso do símbolo de marca comercial ™ ou de copyright ® no título ou no texto do anúncio, a menos que a marca comercial já esteja registrada ou esteja em processo de registro. Para obter mais informações, consulte as políticas de Propriedade intelectual.
  • Não são permitidos no texto do anúncio símbolos que não sejam usados como parte do idioma do texto do anúncio. Por exemplo, os seguintes tipos de símbolos e caracteres não são permitidos no título ou no texto do anúncio nem na lista de palavras-chave:
    • Wingdings, dingbats, setas, marcadores ou outros símbolos usados para chamar a atenção para um anúncio.
    • Símbolos matemáticos como <, >, =
    • Emoticons
    • Elementos de bloco, como ▉ ou ▃
    • Acentos ou caracteres específicos de idiomas diferentes daqueles permitidos nos mercados-alvo ao anúncio. Por exemplo, ~, ^, ou ç não são permitidos no mercado dos EUA.
    • Símbolos desnecessários, como @, }{,][, ¤, § ‗
  • Podem ser usadas versões abreviadas ou encurtadas de palavras, desde que reflitam o uso comum e estejam no contexto direto do produto ou serviço anunciado. Por exemplo:
    • Em inglês, pode-se escrever a palavra “month” como mo ou mo. (com ponto).
    • Em inglês, pode-se usar pic, pics ou pix no lugar de “pictures”.
    • Em inglês, pode-se usar o E comercial (&) no lugar de "and".
    • Em inglês, pode-se usar o símbolo # no lugar de "number" ou "pounds".
    • Pode-se usar o símbolo de porcentagem (%) no lugar de "por cento".
    • Pode-se usar X ou x no lugar de "vezes" ou "por" — "5X mais rápido" ou "utilitário 4x4", por exemplo.
    • Pode-se usar o sinal de mais (+) no lugar de "mais".
    • Pode-se usar um asterisco (*) para indicar as estrelas atribuídas à categoria no segmento de viagens — por exemplo, "hotel 4*".

Contagem de palavras e limites de caracteres

BUSCA BUSCA

  • Contagem de palavras mínima. É necessário ter um total combinado de pelo menos três palavras no título e no texto da descrição.
  • Limites de caracteres. Se o título do anúncio, o texto do anúncio ou a URL de destino excederem determinadas limitações de caracteres, você receberá uma mensagem de erro. O texto dinâmico é incluído no cálculo dos limites de caracteres.  Para obter mais informações sobre limites de caracteres, visite nossa página de ajuda.

Caracteres em URLs

URLs de visualização e URLs finais podem conter apenas caracteres latinos em ASCII e não podem conter acentos nem sinais diacríticos. Serão rejeitadas URLs de visualização e URLs finais com caracteres não latinos (por exemplo, caracteres chineses ou russos) e caracteres latinos com acentos e sinais diacríticos, como http://contosé.com, por exemplo.

BUSCA BUSCA

Tipos de URL

  • URL de visualização: O endereço da página da Web que aparece no texto do anúncio.
  • URL final: A versão atualizada da URL da página de seu site para a qual os usuários são direcionados ao clicar em seu anúncio em um computador desktop ou laptop.
  • URL de acompanhamento: O endereço que permite acompanhar o desempenho.
  • URL da página de destino: O endereço da página da Web final à qual os usuários chegam após clicar em um anúncio.

URL final e da página de destino.

A URL final deve funcionar corretamente e direcionar o usuário para um único site funcional. Ela não pode estar vinculada a um endereço de email ou a um arquivo nem encaminhar o usuário para uma página com código de status 404 ou outros status 4xx. O rastreador do Microsoft Advertising não deve ser bloqueado por seu site. Além disso, não são permitidos caracteres e endereços IP fora do padrão.

Ilustração de um anúncio com URL de visualização que leva à URL de destino. Ilustração de um anúncio que leva a uma URL de destino que funciona corretamente e é resolvido como um único site funcional. Ilustração de um anúncio que leva a um endereço de email, um arquivo ou uma página com código de status 404 ou outro código de status 4xx.

URL de visualização

  • A URL final determina a URL de visualização. Porém, é possível adicionar subpastas com conteúdo relevante.
  • As URLs de visualização de um único grupo de anúncios devem usar o mesmo domínio da URL de nível superior. Por exemplo, seu grupo de anúncios pode apresentar URLs de visualização com várias pastas, por exemplo, Microsoft.com/Office e Microsoft.com/Skype, mas não pode ter várias URLs de visualização com domínios primários diferentes, como Microsoft.com e Contoso.com.

​Incompatibilidade de URL

  • A URL de visualização deve corresponder à URL da página de destino.
  • Se for usado um modelo de rastreamento para redirecionar o usuário, o domínio e o conteúdo da URL da página de destino deverão corresponder ao domínio e ao conteúdo da URL final.
Ilustração de anúncios e URLs de visualização que levam a URLs de páginas de destino diferentes.

​Incompatibilidade de URL aceitável

Somente nas circunstâncias descritas abaixo, URLs de visualização e de páginas de destino não correspondentes são aceitáveis.

  • URLs de acompanhamento usadas para fins legítimos com redirecionamento. URLs finais com redirecionamentos que não correspondem às URLs de visualização são aceitáveis, desde que o domínio primário da URL de visualização e o domínio primário da URL da página de destino sejam correspondentes.
    • Aprovado
      • URL de visualização: www.constoso.com/shoe
      • URL final: contoso.com/search?p=shoes...
      • URL da página de destino: contoso.com/search?p=shoes...
  • Links profundos descritivos. Subdomínios ou pastas podem ser usados na URL de visualização com fins descritivos que não correspondam ao subdomínio ou a pastas da URL da página de destino, desde que o domínio primário seja compatível e que o subdomínio ou a pasta descreva corretamente a parte de seu site que os usuários acessarão.
    • Aprovado
      • URL de visualização: www.constoso.com
      • URL final: contosotracking.com/...
      • URL da página de destino: www.contoso.com
  • Sites de hospedagem. Pode ser permitido o uso de uma URL de visualização descritiva que não corresponda à URL da página de destino para domínios hospedados. Se você considerar que tem um caso de uso legítimo que se enquadra nesta categoria, poderá recorrer da rejeição.
    • Aprovado
      • URL de visualização: www.constoso.com
      • URL final: contoso2.hosted-domain.com
      • URL da página de destino: contoso2.hosted-domain.com
  • Considerações sobre a marca. Pode ser permitido o uso de uma URL de visualização descritiva que não corresponda à URL da página de destino para fins de consideração sobre a marca. Por exemplo, uma marca de produto conhecida pode ser usada como URL de visualização para direcionar os usuários para o portal de venda do proprietário do produto. Se você considerar que tem um caso de uso legítimo que se enquadra nesta categoria, poderá recorrer da rejeição.
    • Aprovado
      • URL de visualização: office.microsoft.com
      • URL final: products.microsoft.com/?office...
      • URL da página de destino: products.microsoft.com/?office...

Funcionalidade do anúncio

  • Não é permitido conteúdo individualizado.
    • Os anúncios não podem incluir técnicas de mensagem e imagem (inclusive headshots) que deem ao usuário a impressão de que poderá interagir especificamente com as pessoas em destaque na campanha.
    • Também não são permitidas referências em um anúncio ou na página de destino direcionadas especificamente aos consumidores de determinada marca, na tentativa de atraí-los para que cliquem no anúncio (por exemplo: "Atenção, usuários do Bing").
    • Os anúncios não podem dar a impressão de que você tem informações pessoais sobre o usuário.
  • O conteúdo das imagens e vídeos deve estar em conformidade com as políticas do Microsoft Advertising. Por exemplo, texto e símbolos contidos em uma imagem não podem divulgar discurso de ódio.
  • É rigorosamente proibido o uso dos seguintes recursos:
    • Funcionalidade que não seja preditiva ou que não exiba a expectativa de experiência/resultado.
    • Qualquer elemento criado para gerar cliques sem informação ou conteúdo relevante no destino.
    • Conteúdo considerado como clickbait, como truques usando linguagem ou imagens sensacionalistas ou chocantes.
    • Mecanismos e/ou animação usados para chamar a atenção com o único propósito de distrair do usuário. Alguns exemplos são: luzes rápidas e repetitivas, estroboscópicas ou intermitentes e GIFs animados.
    • Imagens, palavras ou frases incluídas unicamente para atrair a atenção do usuário e aumentar a taxa de cliques. Alguns exemplos são: “use este truque bem estranho”, “um jeito…”. “acabe com a gordura localizada”, “esqueça os seguros de carros”, “sua seguradora detesta”, “use esta novidade…” etc.
    • Recursos usados para fazer com que a página de destino de um anúncio pareça incompleta ou não funcional no que é considerado normal em uma página da Web.
    • Impacto sobre o desempenho: Impacto geral sobre o desempenho, a confiabilidade e a qualidade da experiência de computação do usuário (por exemplo, desempenho lento do computador, danos ao sistema operacional ou outros problemas).
    • Recursos como ícones de “fechamento" inativos no anúncio ou na página de destino, que não acionam o comportamento esperado. A experiência dinâmica do usuário em um anúncio deve levar ao resultado esperado e correto na página de destino.
      • Alguns exemplos são: se um usuário puder selecionar um estado específico (por exemplo, Rio de Janeiro) na lista suspensa de um anúncio, a experiência na página de destino deverá refletir a escolha do usuário (por exemplo, taxas de financiamento praticadas no Rio de Janeiro), imagens estáticas de botões de opção, texto sublinhado que pareça ser um hiperlink mas não possa ser acionado ou caixas de seleção ou listas suspensas inativas.
    • Solicitação para que os usuários forneçam informações pessoais (por exemplo, nome, endereço de email, número de telefone) para exibir informações contidas no anúncio ou na página de destino.
    • Essa norma não se aplica a informações não pessoais, como CEP ou cidade/região do usuário, usadas para fins de segmentação do anúncio.

EXIBIÇÃO EXIBIÇÃO

É rigorosamente proibido o uso dos seguintes recursos:

  • Serviços que incluam verificação de anúncios (como IAS, Double Verify e Moat) e estudos de marca (como comScore, Nielsen e Survata) que usam wrappers para substituir um anúncio por outro devem garantir que o substituto esteja em conformidade com todas as políticas.
    • Não é permitido usar anúncios em branco ou 1x1 pixel.
    • Não são permitidos anúncios sem vínculo com uma marca (como o anúncio de nuvem Double Verify).