Ir para conteúdo principal
Advertising

Não perca a chance de alcançar clientes que estão procurando por você. COMECE AGORA MESMO >

Microsoft Audience Network é uma solução de publicidade nativa semelhante aos Anúncios do Facebook (FAN) e à Rede de Display do Google, alimentada pelo Microsoft Graph e pela Inteligência Artificial.
Os anunciantes podem gerenciar seus investimentos em publicidade nativa com suas campanhas de busca ou gerenciar as campanhas publicitárias nativas separadas das campanhas de busca.

Microsoft Audience Network permite que os anunciantes veiculem anúncios em uma nova rede separada que segmenta diretamente os posicionamentos nativos dos perfis demográficos, profissionais e de interesses dos usuários com as melhores marcas globais e seguras, como MSN, Microsoft Outlook e o navegador Microsoft Edge (somente nos EUA).

Após a leitura deste Guia de estudos, você saberá como:

  • Usar a ferramenta de Importação do Google para campanhas de audiência.
  • Aperfeiçoar o gerenciamento de campanhas e do desempenho.
  • Tirar proveito de anúncios baseados no feed para segmentar clientes fora da busca.

Importação do Google para campanhas de audiência

A ferramenta de Importação do Google conecta sua conta do Microsoft Advertising com sua conta do Google Ads para que seja possível importar automaticamente suas campanhas de busca do Google Ads para o Microsoft Advertising, além de importar suas campanhas de audiência da mesma forma da Rede de Display do Google.

A importação do Google para campanhas de audiência tem os mesmos limites para campanhas e imagens que a importação do Google para campanhas de busca. Ou seja, 20.000 campanhas e 3.000 imagens por operação de importação. Os limites da conta também são 20.000 campanhas e 3.000 imagens.

  • Economize tempo configurando e gerenciando suas campanhas de audiência. Você não precisa criar suas campanhas de Microsoft Audience Ads desde o início. Basta importar suas campanhas da Rede de Display do Google (GDN) para o Microsoft Advertising, incluindo todas as imagens para começar ou para gerenciar campanhas existentes com mais eficiência.
  • Controle suas campanhas de audiência no Microsoft Advertising e na Rede de Display do Google (GDN) agendando as importações da GDN. Sincronize as importações automaticamente, incluindo a importação de todas as suas imagens. Isso ajuda a poupar tempo para você poder se concentrar no que realmente é importante.
  • Importe campanhas com facilidade
    Importe diretamente no Microsoft Advertising online usando suas informações de logon da GDN; não é necessário usar planilhas. Agende as importações para que ocorram automaticamente uma vez, diariamente, semanalmente ou mensalmente, e analise o histórico de importação.
  • Transfira campanhas de audiência em grande escala
    Importe 20.000 campanhas de display e transfira novas entidades, como campanhas de audiência, grupos de anúncios, imagens e anúncios de display responsivos. 

Criar extensão de anúncio

Criar extensão de anúncio

Veja aqui algumas coisas que você deve lembrar ao usar a importação do Google para campanhas de audiência:

  • Exclusões de posicionamento de campanhas: para importar exclusões de posicionamento de campanhas do Google Ads, selecione Exclusões de sites nas Opções de Importação Avançadas.
  • Segmentos de local e ajustes de lances: se não for possível mapear o local do Google Ads, nós usamos o local pai e mostramos um aviso durante a importação. Se não houver um local pai, será exibido um erro durante a importação.
  • Segmentos de local negativos: se não for possível mapear o local do Google Ads, será exibido um erro durante a importação.
  • Extensões de anúncio: as extensões de anúncio serão importadas para a biblioteca de sua conta, mas, no momento, o Microsoft Advertising não dá suporte à associação de nenhuma extensão de anúncio com campanhas de audiência. As associações não serão importadas.
  • Importação do Google para in-market audiences: disponível para os participantes do programa beta em campanhas de audiência separadas.

Gerenciamento de campanhas e do desempenho

No marketing de busca, quanto menor for o número da posição média, maior poderá ser o desempenho (CTR).

Para Microsoft Audience Network, se a sua posição média não for um número menor ou igual a 3,5, provavelmente você não aparecerá em nossos posicionamentos premium, como o painel de informações de MSN na página inicial.

Você pode usar o Relatório do site do editor na guia Dimensões ou na guia Relatórios (coluna URL do site) para ver as posições médias por provedor de conteúdo individual. O Outlook já deve aparecer como “posição média 1”, enquanto o MSN deve estar mais baixo. Assim, o aumento do lance pode ajudar a melhorar a posição média para MSN e, consequentemente, seu desempenho.

Criar extensão de anúncio

Observação: o volume que você obtém depende de sua segmentação e seu lance.

Microsoft Audience Ads baseados no feed

O Microsoft Advertising recomenda usar campanhas de compras com audiências de produtos e campanhas baseadas no feed de produtos para Microsoft Audience Ads. Ambas oferecem uma segmentação eficiente e um desempenho melhor, enquanto você tem acesso a centenas de milhões de clientes em sites premium fora da busca.

Segmentação de audiências de produtos (remarketing baseado em produtos)

  • As audiências de produtos, também hamadas de “remarketing dinâmico”, consistem em listas de remarketing de produtos. Você pode segmentar os clientes com base nas IDs de produtos específicos com os quais eles interagiram e promover essas mesmas IDs de produtos para eles. 
  • A tag do Rastreamento Universal de Eventos (UET) atualizada é necessária (Tipo de Página, ID do Produto).
  • Segmentação com base na atividade no site.
Para começar, atualize sua tag do UET com dois parâmetros adicionais:
  1. ID do Produto
  2. Tipo de Página

Eles são necessários para Audiências de Produtos e ajudarão a segmentar um público específico, pois você precisará, antes de mais nada, de uma ID do Produto. Escolha “Audiências de Produtos” como dimensão de segmentação de Microsoft Audience Ads.

Segmentação baseada no feed de produtos

  • As campanhas baseadas no feed de produtos são campanhas de compras de audiência e podem ser usadas para mobilizar clientes que não visitaram seu site recentemente.
  • Não são necessárias tags do UET (embora sejam recomendáveis; veja a observação abaixo).
  • Segmentação com base na atividade em Microsoft Audience Network. A Inteligência Artificial (IA) é usada para identificar os usuários que têm interesse em sua SKU com base em sua atividade e apresentar a eles o produto certo no momento certo.

Observação: o Microsoft Advertising recomenda usar uma tag do UET como uma ótima maneira de começar, se ainda não for possível atualizar seu código de UET e você estiver servindo Audiências de Produtos.

Para começar, crie uma nova campanha de compras para segmentar públicos com campanhas de Microsoft Audience Ads. Segmente seu feed. Se necessário, aplique as dimensões de segmentação de público para melhorar o desempenho; comece de maneira ampla.

Criar extensão de anúncio

Resumo

Microsoft Audience Network é uma solução de publicidade alimentada por IA semelhante aos Anúncios do Facebook e à Rede de Display do Google.

Ele é alimentado pelo Microsoft Graph, que ajuda a incrementar seu desempenho em publicidade nativa de alta qualidade. Microsoft Audience Network oferece posicionamentos com marcas seguras e tipos de segmentação exclusivos, como a segmentação de perfis do LinkedIn.

Conclusões principais:

  • Tenha acesso a centenas de milhões de clientes em sites premium fora da busca com Microsoft Audience Network.
  • Agende e sincronize suas importações usando a ferramenta de Importação do Google.
  • Os Microsoft Audience Ads baseados no feed podem melhorar o desempenho de sua campanha.

Agradecemos a leitura deste Guia de estudos sobre o fluxo de trabalho de campanhas de audiência fluxo de trabalho das campanhas de audiência. Continue estudando ou faça o exame para profissional certificado do Microsoft Advertising para receber seu certificado.

É possível que nem todos os recursos abordados neste Guia de estudos estejam disponíveis em seu mercado.